A MEU PAI


Teus cabelos brancos,
Teu sorriso franco,
Me revelam tanto,
O tanto que vivestes.
Tua vida que me é cara,
Testemunho vivo,
De tudo que fostes,
Pai amado e amigo.
Herdarei de ti,
Muito mais que posses,
Tesouro infável,
Teu exemplo honrado.
Tua vida simples,
Um dia após outro,
Com coragem plena,
Me sirva de exemplo.
Estejas sereno,
Tua missão cumpristes
Aos que te cercaram
Ensinastes o amor.

Márcio Filgueiras de Amorim

 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS !
Não é permitida, sem prévia autorização,
a reprodução desta página.

Obrigada !
WebDesign : Angela Cecilia