A VOZ DO MENINO
 
 
Ei! Psiu! Olha para mim.
Estou aqui ao teu lado. Por todo lado.
Mas não precisas olhar assim, com esse olhar desconfiado,
de quem vai dizer: - Não tenho trocado.
Nem precisas te preocupar, não tenho canivete, não sou pivete,
Sou menino.
Não quero tirar nada teu, ou melhor, quero sim.
Gostaria que me desses um sorriso,
não daquele amarelo, mas daquele sincero,
sorriso de amigo.
Sou carente sim, reconheço.
Carente do teu apreço.
Por favor, olha para mim.
Quando eu estiver do teu lado,
mesmo pedindo trocado, olha bem para mim.
Tu verás um menino, meio franzino, meio crescido,
um tanto desiludido quanto ao seu próprio destino.
Por favor, olha por mim!

Ivone Maria de Lima Jaime

 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS !
Não é permitida, sem prévia autorização,
a reprodução desta página.

Obrigada !
WebDesign: Angela Cecilia