AO MESTRE COM CARINHO 
(TO SIR WHIT LOVE)
 
ao_mestre_com_carinho
 

Aqueles dias de menina de colegial,
De contar histórias e de morder as unhas se foram.
Mas em minha mente sei que
Ainda viverão para sempre.
Mas como você agradece a alguém
Que te afastou dos lápis-de-cor para os perfumes!
Não é fácil, mas eu tentarei.
Eu escreveria através dele,
Em cartas que voariam a mil pés de altura.
Para o senhor com carinho
Aqueles anos embaraçosos passaram.
Por que será que eles vão embora?
Por que é, senhor, que as crianças
Crescem para serem pessoas um dia?
O que vem no lugar de subir em árvores e
Joelhos sujos, no mundo lá fora?
O que existe lá fora que eu possa comprar pra você?
Se você quisesse o mundo,
Eu o cercaria com um muro
Em que eu rabiscaria palavras com letras
De dez pés de altura.
Para o senhor com carinho.
Chegou a hora de fechar os livros
E longos olhares têm que terminar
E enquanto eu me vou,
Sei que estou deixando meu melhor amigo
Um amigo que me ensinou o correto do errado
E o fraco do forte. Isso é muito que aprender.
O que eu posso lhe dar em troca?
Se você quisesse a lua, eu tentaria dar início,
Mas eu preferia que você me deixasse oferecer meu coração
Para o Senhor, com Carinho...


Lulu

 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS !
Não é permitida, sem prévia autorização,
a reprodução desta página.

Obrigada !
WebDesign : Angela Cecilia