APELO DE UM CÃO
(A DOG'S PLEA)
 
apelo_de_um_cao
 
Trata-me gentilmente, meu querido amigo, pois nenhum coração em todo mundo é mais agradecido pela amabilidade do que o meu coração amoroso.

Não machuque minha alma com pancadas, apesar disso, lambo suas mãos entre os golpes.

Sua paciência e compreensão irão mais rapidamente ensinar-me coisas que eu devo aprender.

Fale comigo constantemente, porque sua voz é para mim a mais doce música do mundo, como você deve saber pelo abanar da minha cauda quando os meus ouvidos escutam os seus, tão esperados passos.

Por favor, coloque-me para dentro quando estiver chovendo e com frio, pois sou um animal doméstico e não estou acostumado às intempéries.

Eu não tenho honra maior do que o privilégio de sentar-me aos seus pés.

Mantenha meu potinho cheio de água fresca, pois não posso dizer para você quando estou com sede.

Alimente-me com comida limpa para que eu possa estar bem saudável para brincar, acompanhá-lo nas suas caminhadas, e estar alerta e capaz de defendê-lo com a minha própria vida, se a sua estiver em perigo.

E, meu amigo, quando eu estiver muito velho, e não gozar mais de boa saúde, nem boa audição e visão, não faça esforços heróicos para manter-me aqui. Por favor, perceba que minha vida delicada está indo suavemente.

Eu devo partir desta terra sabendo que a última respiração que eu arranquei deste meu ser esteve sempre a salvo em suas mãos.


Desconheço o Autor - traduzido por Lenita Ouro Preto
apelo_de_um_cao
Dedico ao meu cachorrinho BILLY
apelo_de_um_cao apelo_de_um_cao
25/09/92 31/03/03

 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS !
Não é permitida, sem prévia autorização,
a reprodução desta página.

Obrigada !
WebDesign : Angela Cecilia