MEU PAI, MEU  HERÓI
 
MEU PAI, MEU HERÓI
 
Monstro sagrado da minha infância,
Eleito sobre unanimidade celestial
Um herói anônimo de mil feitos
Para um verdadeiro ídolo colossal.
Abrigo inviolável da minha formação
Imperador de um só castelo
Ministrador incansável buscando a perfeição
Transmitindo-me sempre o mais puro, o mais belo.
Unânime em proteger-me a toda hora
Hábil senhor sempre atento, sempre alerta.
Ensinou-me a ser homem com honradez
Reflexo de sua postura sempre aberta
Herói vencedor de todas as batalhas.
Ídolo eterno que de meu coração não sai.
Com respeito e carinho coloco em teu peito esta medalha
Orgulhoso de tê-lo tido como meu querido pai.

Antonio Abílio Gava
 

 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS !
Não é permitida, sem prévia autorização,
a reprodução desta página.

Obrigada !
WebDesign: Angela Cecilia