ORIGEM DO CARNAVAL
 
ORIGEM DO CARNAVAL
 
      ORIGEM: 10 mil anos A.C.; homens,mulheres e crianças reuniam-se no verão com os rostos mascarados e o corpo pintados para espantar os demônios da má colheita.

      Tem sido buscada sua origem nas mais antigas celebrações da humanidade como nas Festas Egípcias que homenageavam a Deusa Ísis e ao Touro Ápis. Os gregos festejavam nas Festas Lupercais e Saturnais, a celebração da volta da primavera; a Festa dos Inocentes e dos Doidos (na Idade Média) que após sucessivas deformações foram apontadas como responsáveis pelos carnavais dos tempos modernos; como os de Paris, Veneza, Roma, Nápoles, Florença, Nice, Colônia, Monique, com mascarados, fantasiados e desfiles de carros alegóricos.

      O Carnaval foi oficializado pela igreja católica em 590 D.C. e adquiriu características básicas na Renascença e termina no século XVIII, quando um novo modelo começa a se delinear.

      Em 1.545, no Concílio de Trento, o Carnaval é reconhecido como uma manifestação popular importante, não devendo ser hostilizado pelo clero.

      CARNAVAL NO BRASIL: O Carnaval foi chamado de Entrudo por influência portuguesa da Ilha-da-Madeira, Açores, e Cabo Verde.

 
ORIGEM DO CARNAVAL
 
      É homenageado no sábado, domingo, segunda e terça-feira anteriores aos 40 dias que vão da quarta-feira de cinzas ao domingo de Páscoa.

      Aqui no Brasil,ao contrário do que ocorreu em outros países, o Carnaval caracterizou-se como uma manifestação de delírio coletivo, que saíam às ruas para cantar suas alegrias.

 
ORIGEM DO CARNAVAL
 
      Tempos depois, o carnaval perdeu esse cunho popular e adquiriu um sentido grupal, aristocrático e de clubes, com bailes luxuosos, reservados apenas às classes sociais economicamente mais favorecidas.

 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS !
Não é permitida, sem prévia autorização,
a reprodução desta página.

Obrigada !
WebDesign : Angela Cecilia