semeadura_e_colheita
SEMEADURA E COLHEITA
 
 
Pai,
 
Tu és a saudade do meu tempo de criança,
És a presença sempre certa na hora dura,
És aconchego e és a luz em forma pura,
És a coragem que norteia a minha andança.
 
Quando me vejo qual bichinho em mata escura,
Tu és o farol que ronda-me a esperança
De renascer no fundo de água mansa,
De ver na vida a ponte mais segura.
 
A tua presença é a Paz nos meus sentidos,
Os teus conselhos são nos meus ouvidos
O eterno eco a conduzir-me ao Bem.
 
Tu és semeadura que me trouxe à vida.
Sou tua colheita forte e destemida.
Meu coração pulsando é o teu também!

Sílvia Schmidt
 

 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS !
Não é permitida, sem prévia autorização,
a reprodução desta página.

Obrigada !
WebDesign: Angela Cecilia