DEVOLVE
 
 
Devolve toda a tranquilidade
Toda a felicidade
Que eu te dei e que perdi.
Devolve todos os sonhos loucos
Que eu construi aos poucos
E te ofereci.
Devolve, eu peço, por favor,
Aquele imenso amor
Que nos teus braços esqueci.
Devolve, que eu te devolvo ainda
Esta saudade infindaQue eu tenho por ti.

Mário Lago
 

 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS !
Não é permitida, sem prévia autorização,
a reprodução desta página.

Obrigada!
WebDesign : Angela Cecilia