NÃO ME ABANDONES
 
NÃO ME ABANDONES NÃO ME ABANDONES NÃO ME ABANDONES
 
Não me abandones aqui,
Leve-me contigo onde fores...
Onde voam as gaivotas,
Onde cantam os pássaros,
Esses autênticos cantores!
NÃO ME ABANDONES
Não me abandones aqui,
Pois neste abandono
Em que me encontro,
Já ouço da morte os rumores...
Sinto-me uma artista sem platéia
Em pleno palco sem refletores!
Não fale de desamor, de partida,
Dei-te tanto amor,
Tantas lágrimas em teu rosto sequei...
Dei-te tanta vida,
Da minha própria vida!...
Não devias tornar tudo
Isso em nada...
Mas, se o amor não mais existe,
Vá meu grande amor!
Aguardarei a morte que me assiste...
E em pleno céu,
Ainda assim te amarei,
Na glória do dia,
Ter sido o teu amor...
E na caixa mais bonita
Guardarei a nossa estória,
Que foi de verdade,
A mais linda estória de amor!

Marilena Trujillo

 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS!
Não é permitida, sem prévia autorização,
a reprodução desta página.

Obrigada!
WebDesign : Angela Cecilia