PENSANDO
 
 
PENSANDO
 
 
Na vida há dois amores:
Um eterno, outro fugaz,
Um superior, outro mundano,
Um real, outro de ilusão,
Um sensível, outro sensual.
Um que canta, outro que chora,
Um que é mudo, outro que fala,
Um que irradia, outro que ofusca,
Um que doa, outro que recebe.
Um do espírito, outro da carne,
Um verdadeiro, outro falso,
Um constante, outro passageiro,
Um santo, outro impuro.
Na vida há dois amores:
Um luminoso, outro obscuro,
Um racional, outro apaixonado,
Um cósmico, outro terreal,
Um que perdoa, outro que condena.
Um da consciência, outro do instinto,
Um da devoção, outro do devaneio,
Um pleno, outro inseguro,
Um misericordioso, outro impiedoso.

Paulo Viana
 
 
 
 

 

 

 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS!
Não é permitida, sem prévia autorização,
a reprodução desta página.
Obrigada!
WebDesign : Angela Cecilia