SOL
 
SOL
Tu que me acompanhas
Nas frescas madrugadas,
Furando nuvens
Dourando prédios e ruas,
Ainda noite, quase dia,
Astro rei, companheiro
Da minha solidão,
Traga-a de volta
Para iluminar o meu caminho,
Aquecer o meu corpo
Com movimentos harmônicos,
Banhar de suor as entranhas,
Exalar cheiro de gente
Por todos os poros.
Ela me faz sentir poderoso,
Jovem, bonito, vigoroso,
Alegre e voraz
Enfim um Deus,
Como tu, iluminado,
Astro e Rei.

Dr.Carlos A. Bobbio
 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS!
Não é permitida, sem prévia autorização,
a reprodução desta página.
Obrigada!
WebDesign : Angela Cecilia