DEBUSSY
 

Para cá, para lá...

Para cá, para lá...

Um novelozinho de linha...

Para cá, para lá...

Para cá, para lá...

DEBUSSY

DEBUSSY

Oscila no ar pela mão da criança

(Vem e vai...)

Que delicadamente e quase a adormecer a balança

DEBUSSYDEBUSSYDEBUSSY

-Psiu...

Para cá, para lá...

Para cá, para lá...

O novelozinho caiu...


Manoel Bandeira

 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS !
Não é permitida, sem prévia autorização,
a reprodução desta página.

Obrigada !
WebDesign : Angela Cecilia