INFÂNCIA
   
INFÂNCIA Sou pequenino
E penso em coisas grandes.

Pomares e mais pomares,
Jardim de flores e flores.

E pelas montanhas e vales
Grama verdinha e bosques,

Com milhões de árvores
E asas de passarinhos.

Rios e mares de peixes
Aquários largos e livres

Ar dos campos e praias,
A manhã trazendo o dia

Com o sol da esperança

E a noite de sonhos lindos.
Nuvens calmas, luas e astros

Minhas mãos pegando estrelas
Neste céu de doce infância.

INFÂNCIA

INFÂNCIA
E pelas estradas claras
Meu cavalinho veloz

No galopar mais feliz
Eu e ele sorrindo,

Levando nosso cristal
Para os meninos do mundo.


Cleonice Rainho

 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS!
Não é permitida, sem prévia
autorização, a reprodução desta página.

Obrigada!

WebDesign : Angela Cecilia