O GATO DO CANTO
 
O GATO DO CANTO
 
O GATO DO CANTO É peludo? - Nem Sempre...
Às vezes, é pelado
Porque vive abandonado.

É vadio? - Quase sempre...
Com preguiça
Vive sempre enroscado.

 
O GATO DO CANTO
 
É sujinho? - Nunca!
Asseado, passa a língua
Do focinho ao rabo.
 
É dengoso? - Toda a vida.
Sem peixe,
Fica longe, emburrado.

Sabes de quem falo?
Se não é de ti, menino,
Só pode ser do gato!

O GATO DO CANTO
Odete Ronchi Baltazar
 
 
O GATO DO CANTO

 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS !

Não é permitida, sem prévia
autorização, a reprodução desta página.

Obrigada!

WebDesign : Angela Cecilia