O MEDO DO MENINO
   
O MEDO DO MENINO Que barulho estranho,
Vem lá de fora...
Vem lá de dentro?!...

Que barulho medonho
No forro
No porão,
Na cozinha
Ou na despensa!...

   
Será fantasma
Ou alma penada?
Será bicho furioso
Ou barulhinho de nada?
E o menino olha
Na escura escada
E não vê nada.
O MEDO DO MENINO
O MEDO DO MENINO
O MEDO DO MENINO E olha na vidraça
E uma sombra o ameaça.

Quem se esconde?
Esconde onde?

   
Se vem alguém passo a passo
Na rua deserta o medo aumenta.
Passos de gente da casa escolhe o medo
Se somem vozes e passos
De gente da casa.
No ato, no quarto,
Vem o arrepio.
O MEDO DO MENINO
   
O MEDO DO MENINO E o menino encolhe,
Fica todo enroladinho,
E se embrulha nas cobertas,
Enfia a cabeça no travesseiro
E devagar, devagarinho,
Sem segredo, vem o sono
E some o medo.
 
Elias José

 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS !
Não é permitida, sem prévia
autorização, a reprodução desta página.
Obrigada!
WebDesign : Angela Cecilia