O TRENZINHO
 
Corro o tempo inteiro

E nunca tenho muito tempo pra parar

Sempre é tanta gente pra partir

Igualmente pra chegar.

O TRENZINHO
O TRENZINHO Faço encontros cheios de emoções

E já fiz cruéis separações

De namorados que ficam a chorar.

O TRENZINHO
 
Levo e trago sempre boas notícias

E também notícias más.

Coisas e assuntos que pra mim

Tanto fez como tanto faz.

 

O que cansa mesmo a gente é ver

Sempre o mesmo trilho a percorrer,

E o velho tic tic tic

Num eterno leva e traz.

O TRENZINHO
 
O TRENZINHO Isso não tem fim,

Já não agüento mais.

É como se eu corresse na minha frente

E também viesse atrás.


Toquinho

 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS !
Não é permitida, sem prévia
autorização, a reprodução desta página.

Obrigada!

WebDesign : Angela Cecilia