A VOZ DO CORAÇÃO
 
A VOZ DO CORAÇÃO
 
 

De longe ouço uma voz
Um arrepio voraz domina todo o meu ser
Que som será este tão atroz
Que cada vez mais me faz crescer?!

De caminhos distantes e afáveis parece vir
Este casto e voluptuoso frémito,
Assim é meu fado sentir
Este grande e inevitável mérito.

Ó céus, que apaziguas almas devotas
Decifrem-me todo este fenômeno miraculoso
Que na face se derrama como gotas
E faz sofrer todo o espírito orgulhoso.

Ele vem cada vez mais ressonante,
Através de um vento úmido de desejo;
Minha alma torna-se ocasionalmente apaixonante
Querendo experimentar de novo aquele beijo.

Ouço-a agora com mais intensidade num grande fulgor
Certamente ela é a voz da paixão
Que veio afagar de vez a minha dor
E comover impiedosamente o coração.


Teresa Sousa
 

 

 

 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS !
Não é permitida, sem prévia autorização,
a reprodução desta página.

Obrigada!
WebDesign: Angela Cecilia