As Duas Portas
 
AS DUAS PORTAS
 
À minha frente a porta tão antiga,
Rangendo as dobradiças já marrons,
Perdeu nas cores puras os seus tons
E já não traz a tua presença amiga.
AS DUAS PORTAS
Mas bem ao lado vê-se nova porta,
Todinha aberta para novo rumo.
Eu me penteio, ajeito e me perfumo,
Vou percebendo a lâmina que corta ...
AS DUAS PORTAS
Lâmina essa tanto carreguei
Na indecisão de me cortar da vida
Que me levou a tudo que hoje sei ...
AS DUAS PORTAS
O que me assusta é ver-me dividida
Entre o que eu era e agora o que serei
Depois do adeus ... da amarga despedida ...


Silvia Schmidt

Imagem de : http://www._geocities_com-Wellesley-5087


AS DUAS PORTAS

 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS !
Não é permitida, sem prévia autorização,
a reprodução desta página.

Obrigada !
WebDesign : Angela Cecilia