DENIS GABOR
 

O futuro não pode ser previsto, mas pode ser inventado.

É a nossa banalidade de inventar o futuro que nos dá a
esperança para fazer de nós o que somos.


Denis Gabor

 

 
 
RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS !
Não é permitida, sem prévia autorização,
a reprodução desta página.

Obrigada !
WebDesign : Angela Cecilia